WhatsApp Image 2018-11-08 at 10.46.15

ESTRATÉGIAS DE ESTUDO QUE APRENDI COM LA CASA DE PAPEL

Olá, estudante.

Meu nome é Alexandre Bento.

Estou iniciando uma série nova sobre coisas que aprendi com filmes e séries.

Abrindo a Playlist vou ensinar algumas estratégias que aprendi com a série La casa de papel.

 

TENHA UM PROPÓSITO

O professor sabia exatamente o que pretendia com o roubo à casa da moeda da Espanha.

O roubo fazia parte de um plano maior.

Ele entendia o seu propósito e aonde queria chegar.

O seu objetivo não o deixava perder o foco.

Seu estilo de vida foi moldado para chegar aquele momento.

 

SEJA AUDACIOSO

Roubar uma padaria ou roubar a casa da moeda pode ter a mesma punição.

Então seja audacioso.

Às vezes estudar para um concurso que ganha 3 mil é tão difícil quanto um de 15.

Só muda o planejamento e o tempo de preparação.

Pense nisso.

Pode estudar para um concurso menos complexo, desde que faça parte de um plano maior para chegar ao seu objetivo final.

 

TEM QUE TER PLANEJAMENTO

Antes da fase de execução, o professor passou muito tempo planejando todos os detalhes de seu Plano.

Ele não deixou nada aleatório.

Existia um Plano que deveria ser seguido à risca.

Esse plano foi fruto de muito estudo e análise de todos os principais agentes da trama.

Ele estudou ele mesmo, a polícia, os seus colaboradores e as circunstâncias.

 

PREPARAÇÃO ANTERIOR

O professor agregou várias pessoas com habilidades diferentes e se reuniram em tempo integral para treinar o plano.

Não adianta ter um plano maravilhoso e extremante detalhado se não treinar e pôr em prática.

Ele teve o cuidado de dispor do tempo necessário para a preparação.

Nem antes e nem depois.

O erro mais comum é ir para a prova sem estar minimamente preparado.

Ele fez alguns testes antes, mas foi preparado para o grande roubo.

 

TEM QUE CONHECER O INIMIGO

O plano do professor levava em conta o comportamento do inimigo.

Ele sempre estava um passo a frente e sabia exatamente o que a polícia ia fazer.

Nos estudos, temos que conhecer nossos concorrentes e as bancas.

Explorar suas fraquezas e minimizar suas fortalezas.

 

O INIMIGO NÃO É BURRO

O professor sabia que a polícia ia evoluir.

O plano dele levou em conta a capacidade de adaptação da polícia e ele mesmo foi se adaptando sempre que necessário.

Nos estudos, as pessoas ficam apegadas a formas antigas de estudar.

As bancas, a situação e os concorrentes mudam.

Leve isso em consideração.

Adapte-se a isso.

 

MANTENHA SEU INIMIGO PERTO

O professor deliberadamente se aproximou da Inspetora Murillo para que pudesse influenciar na investigação.

Da mesma forma, deve estar próximo o suficiente de seus concorrentes e banca para sacar possíveis mudanças e assim alterar sua estratégia.

 

TEM QUE TER FLEXIBILIDADE PARA QUANDO AS COISAS DEREM ERRADO

Em vários momentos, o plano teve que ser adaptado, mas sem perder o foco no objetivo e nas premissas elementares.

O que chamou atenção foi a capacidade de improvisar do professor.

Quando estava prestes a ser descoberto pela Inspetora Murillo, passou-se por um mendigo e deixou a polícia para trás.

Certa vez fiz uma prova que, de surpresa, o edital mudou e veio 04 matérias inesperadas.

Formulei uma estratégia e me adaptei.

Temos que estar preparados para isso.

 

USE MÁSCARAS

Na trama, todos os personagens usavam máscaras de Salvador Dali e se tratavam pelo nome de cidades.

Esse é um exemplo de como você não pode ser previsível.

Seus concorrentes não podem conhecer suas fraquezas.

Mantenha um mistério e suas intenções ocultas.

 

EQUILÍBRIO ENTRE ESFORÇO E PLANEJAMENTO

O professor sabia que era um homem de planejamento e não de ação.

Então recrutou pessoas que são boas em execução.

Se o equilíbrio entre planejamento e esforço for feito corretamente, seu objetivo será alcançado.

Cuidado para não fazer planos lindos e não executar ou também executar sem ter um plano para orientá-lo.

 

NÃO FAÇA INIMIGOS DESNECESSÁRIOS

O professor sabia que a opinião pública era a parte mais importante do Plano.

Por isso, tentavam ganhar a simpatia do público.

Um colega costumava estudar em uma biblioteca.

Algumas pessoas estavam fazendo barulho e ele foi extremamente ríspido.

Ele acabou ganhando a antipatia de todos ali.

Ninguém o ajudava quando esquecia carregador ou mesmo para conseguir tomada.

Temos que tentar ter uma estratégia de cordialidade e resolver conflitos tentando fazer contenção de danos sempre que possível.

No caso de meu colega, teve que mudar de biblioteca.

 

NÃO VALE TUDO

Ao contrário do que muita gente fala, não vale tudo pelo objetivo.

Tem que ter claro qual nosso limite e o que é inegociável.

Isso o fará manter a integridade.

No caso do professor, seu limite era o assassinato.

O professor quase mata a mãe da inspetora, mas percebe que isso não faz parte de quem ele é.

Tem que manter a integridade.

 

A ESTRATÉGIA COMPENSA

O professor é um estrategista e foi graças a ela que conseguiu seu objetivo.

Uma boa estratégia é responsável pela vitória com o mínimo de danos.

 

CONFUNDA SEU INIMIGO

Eles queriam que a polícia achasse que a fuga deu erado e por isso que eles fizeram reféns, quando na verdade eles queriam estar lá dentro.

Deixe seus concorrentes confusos.

Quando estiver estudando firme, pareça disperso.

Quando estiver fraco, pareça que está em seu melhor momento.

Isso vai abalar a confiança do inimigo.

 

TODO MUNDO TORCE PELO FRACO

Eles eram pobres assaltantes e a polícia era corrupta e tirana.

Use essa ideia a seu favor.

Faça da sua luta para vencer a poderosa banca, superar dificuldades e sobrepujar milhares de concorrentes uma jornada épica.

Mantenha sua moral elevada com base em sua luta titânica.

Mantenha-se humilde e em posição do lado mais fraco.

Contar com a simpatia das pessoas nessa sua luta pode ser uma vantagem.

Ninguém gosta de pessoas arrogantes.

Para essas, a gente torce secretamente contra.

 

Alexandre Bento

Especialista em preparação de alto desempenho para concursos e vestibulares, ministrando cursos e palestras acerca do tema.

Nomeado em 15 cargos públicos efetivos e atualmente é Analista da Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC, na área de Orçamentos públicos.

Cocriador do Método Tríade de Coaching de Concursos, Vestibulares e Enem.

Criador do canal Meu Estudo, que traz o melhor conteúdo de Técnicas de Estudo, motivação e ferramentas para potencializar seus estudos.

Criador do canal Minhas Questões de Concursos, que traz questões comentadas de concursos públicos.

Criador do canal Minhas Questões ENEM, que traz questões comentadas do ENEM.

 

Se inscreva no canal Meu Estudo para acompanhar as técnicas, sacadas, dicas e orientações de produtividade e planejamento nos estudos.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This