4 DICAS

4 DICAS CIENTIFICAS PARA TRATAR A ANSIEDADE

Olá, estudante.

Meu nome é Alexandre Bento quero que leia esse texto se você for ansioso ou conhecer alguém que seja.

A ansiedade é a reclamação de 9 entre 10 pessoas na atualidade.

E quando junta a ansiedade e uma preparação profissional nos estudos geralmente o sofrimento só piora.

Em todos os meus cursos, palestras e aulas sempre há pessoas que compartilham suas dificuldades em lidar com variados graus de ansiedade.

A verdade é que a ansiedade está presente em todos nós e temos que aprender a conviver com ela.

Aprendi a lidar com minha ansiedade há muito tempo.

Mas ela está bem presente em minha vida.

Minha esposa tem Transtorno Generalizado de Ansiedade diagnosticada.

O primeiro ponto é que é muito difícil para as pessoas entenderem que é uma doença séria.

Eu mesmo passei muito tempo para aceitar isso e achava que era frescura.

Para vocês terem uma ideia, um passeio no final de semana era fonte de desespero a semana toda.

O grau dela estava tão intenso que a deixava paralisada, incapaz de tomar atitudes.

Além disso, deixava toda a família no mesmo grau de alerta e estresse.

Um grau moderado de ansiedade é bom, pois nos deixa pronto para a ação, seja para fugir de uma ameaça, seja se preparar para aquela prova importante no mês que vem.

O problema é quando isso começa a prejudicar.

Veja essa curva comparando a ansiedade e o desempenho.

FAZER O GRÁFICO DA ANSIEDADE E DO DESEMPENHO

Até certo ponto a ansiedade aumenta o desempenho, mas quando passa de um ponto prejudica.

E como saber se a ansiedade este me prejudicando?

Veja aqui alguns sintomas de minha esposa:

  • Dificuldade em parar de se preocupar: Ela tinha um pensamento de algo que poderia acontecer de ruim e simplesmente não conseguia parar de pensar. Nunca acontecia, mas sofria como se tivesse acontecido;
  • Irritabilidade: pequenos desgastes do dia a dia eram tratados como se fossem uma tragédia;
  • Cansaço físico e mental: Ela reclamava muito de estar esgotada durante o dia;
  • Alteração no sono: Ela praticamente não conseguia dormir à noite.

E você? Algum desses sintomas é familiar?

Reconhecendo esses sintomas, fomos procurar ajuda e as coisas melhoraram.

Estudei bastante o assunto e vou passar algumas dicas comprovadas cientificamente que são derivadas de uma pesquisa da Faculdade de Medicina de Harvard.

  • A primeira dica é fazer uma lista diária de tarefas. Isso faz com que o cérebro não gaste energia lembrando a todo minuto da tarefa. Eu uso e sou defensor dessa técnica há muitos anos e em mim tem um efeito libertador. É maravilhosa a sensação de saber o que precisa ser feito. Chamo isso de O Poder das Listas.
  • A segunda dica é ter atividades sociais saudáveis. Interações sociais diminuem o cortisol. Bons exemplos são praticar algum esporte, fazer cursos curtos, aprender coisas novas e aulas de teatro.
  • A terceira dica é criar uma rede de suporte. Delegar algumas tarefas que não consiga fazer pode ser muito importante para evitar sensação de esgotamento.
  • A quarta dica é ter um equilíbrio mente e corpo. Atividades físicas, Yoga e meditação são essenciais para isso.

Se inscreva no canal Meu Estudo e siga as dicas de meditação.

Veja aqui um aplicativo que vai ajudá-lo a meditar: http://neurociencia.med.br/wemind/

Além disso, assista a um vídeo que fiz para você fazer um teste de seu grau de ansiedade.

Lidar com a ansiedade em um grau mais sério não é brincadeira.

É uma doença que exige tratamento e disciplina.

Pode parecer que as dicas são muito trabalhosas, mas elas possibilitarão um ganho de produtividade muito grande e poderá retomar o controle de sua vida e evitará aquela sensação de culpa por não conseguir cumprir suas tarefas.

Então faça o teste que também tem aqui no Blog, use essas dicas, mas não deixe de procurar ajuda profissional se a ansiedade estiver atrapalhando sua vida.

 

Alexandre Bento

Especialista em preparação de alto desempenho para concursos e vestibulares, ministrando cursos e palestras acerca do tema.

Nomeado em 15 cargos públicos efetivos e atualmente é Analista da Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC, na área de Orçamentos públicos.

Cocriador do Método Tríade de Coaching de Concursos, Vestibulares e Enem.

Criador do canal Meu Estudo, que traz o melhor conteúdo de Técnicas de Estudo, motivação e ferramentas para potencializar seus estudos.

Criador do canal Minhas Questões de Concursos, que traz questões comentadas de concursos públicos.

Criador do canal Minhas Questões ENEM, que traz questões comentadas do ENEM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This